Concessionárias do Tocantins terão que fornecer faturas em braille para deficientes visuais

0

O deficiente visual deverá solicitar o serviço junto à empresa prestadora do serviço. Empresas têm 60 dias para se adequarem às novas regras.

A partir do ano que vem, as concessionárias de serviços públicos do Tocantins serão obrigadas a fornecer as faturas em braille, sistema de leitura e escrita para pessoas com deficiência visual. A lei que trata sobre a matéria foi publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (26) e as empresas têm um prazo de 60 dias para se adequarem à norma.

A Energisa, concessionária de energia elétrica do Tocantins, e a BRK Ambiental, concessionária de água, adotaram a medida em maio do ano passado. Para oferecer o serviço aos deficientes visuais, as concessionárias fizeram uma parceria com o Instituto Federal do Tocantins (IFTO).

Para que todos tenham conhecimento do direito, a norma diz que as concessionárias deverão divulgar de forma permanente a disponibilidade do serviço com o objetivo de fazer um cadastro específico destes clientes.

O portador de deficiência visual terá que solicitar o serviço junto à empresa, onde será feito o cadastramento.

A concessionária que descumprir fica sujeita a uma multa de 30% sobra o valor da última conta, que será revertido em favor do usuário em forma de desconta na fatura seguinte.

DEIXAR COMENTÁRIO

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui