Aviões-tanque chilenos chegam ao Tocantins para combater queimadas

0

Três aeronaves do tipo, com capacidade para levar o piloto e três mil litros de água cada, pousaram em Palmas neste domingo (29). Elas vão reforçar a operação Verde Brasil, do Governo Federal.

Três aviões-tanque cedidos ao Brasil pelo Governo do Chile chegaram à Palmas neste domingo (29). As aeronaves, modelo Air Tractor 802, são capazes de levar 3 mil litros de água em cada voo. Elas serão usadas para reforçar a operação Verde Brasil, do Governo Federal, que está combatendo queimadas no Tocantins.

Os aviões pousaram por volta do meio dia no aeroporto Brigadeiro Lysias Rodrigues vindo do Pará, onde estavam combatendo outros focos. A planilha de voos para os próximos dias ainda não está fechada, já que depende da localização da maior quantidade de focos e das condições climáticas. As aeronaves são operadas por pilotos que também vieram do Chile.

Militares brasileiros conversaram com os pilotos chilenos sobre a operação — Foto: Lucas Machado/TV Anhanguera

Além dos três aviões, a força-tarefa da operação conta com um helicóptero da Marinha e mais de 600 integrantes, entre ações diretas e indiretas. Nos primeiros dias, eles ficaram concentrados na serra de Taquaruçu, no entorno de Palmas e na ilha do Bananal.

Além do Exército e da Marinha, a operação reúne ainda o IBAMA, ICMBio, Corpo de Bombeiros Militar, Naturatins, Defesa civil e as Secretarias do Meio Ambiente estaduais e municipais.

Desde o começo de 2019, o Tocantins já registrou mais de 11 mil focos de queimadas. O número é maior que o total registrado em todo o ano de 2018.

O envio dos aviões foi anunciado pelo presidente do Chile, Sebastián Piñera, durante a cúpula do G7 na França no último dia 30 de agosto. Eles foram mandados primeiro à Floresta Amazônica e agora começam a atuar contra os focos no cerrado.

DEIXAR COMENTÁRIO

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui