Palmas tem mais de 200 golpes aplicados pela internet em seis meses

0

Dados são da Secretaria de Segurança Pública. Em todo o ano passado foram 482 ocorrências do tipo.

A delegacia de combate a crimes virtuais de Palmas já registrou 218 casos de golpes aplicados pela internet na capital nos seis primeiros meses de 2019. Em todo o ano anterior foram 482 crimes do tipo, que podem ser classificados como estelionato, extorsão ou falsidade ideológica, entre outras fraudes.

Uma das vítimas foi o engenheiro civil Pedro Prates, que desconfiou da atitude do criminoso. “Eu não sabia que ele tinha copiado meu anúncio. Ele só liga interessado no carro e coloca outra pessoa para falar comigo”. O criminoso tentou intermediar a venda replicando o anúncio.

“Eu só passei a perceber mesmo na hora de entregar o carro, na hora de assinar o contrato. Como não teve nada disso e a pessoa já queria buscar o carro eu suspeitei e fui direto para a polícia”, completa ele. Após o registro da ocorrência o golpista desapareceu.

Quem não teve tanta sorte foi o maquiador Paulo Fernandes, que caiu duas vezes em golpes. Em uma delas os criminosos depositaram um envelope vazio e ele acabou entregando um aparelho celular.

Na região norte do estado, até os nomes de vereadores foram utilizados durante golpes que envolviam a venda de carros em sites de anúncios.

“A gente tem que ter um cuidado maior, confirmar as informações. Hoje a internet tem a opção de você pesquisar os inúmeros tipos de golpe”, diz a delegada Cintia Paula.

DEIXAR COMENTÁRIO

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui