Secretaria de Saúde de Colinas convoca grupos de risco para vacinação contra gripe H1N1

0

ATENÇÃO! A Secretaria de Saúde de Colinas alerta para o risco da não imunização contra a gripe. Estão sendo convocados para procurarem os postos de saúde do município todas as pessoas que fazem parte dos grupos prioritários: crianças com idade entre 1 e 6 anos incompletos; grávidas em qualquer período gestacional; mulheres de até 45 dias após o parto; trabalhadores da saúde; povos indígenas; idosos; professores de escolas públicas e privadas; pessoas com doenças crônicas ou imunidade baixa; jovens sob medidas socioeducativas; funcionários do sistema prisional; pessoas privadas de liberdade; e profissionais das forças de segurança e salvamento (policiais, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas).

Para incentivar a imunização, o Posto de Saúde do Setor Santo Antônio encerrará os atendimentos somente às 20h, até a próxima sexta-feira (24). Desde o início da campanha de vacinação contra a gripe, em 10 de abril deste ano, o corpo técnico da Secretaria Municipal de Saúde de Colinas já realizou a vacinação de 4.430 pessoas que fazem parte do grupos prioritários.

Nesta terça-feira (22), foi feito um balanço que constatou o total abastecimento dos postos de saúde do Município com a vacina trivalente, mas até então cerca de 50% da população (4.063 pessoas) que compõem os grupos de risco ainda não procuraram as unidades em busca da vacinação.

No último sábado (18), o Governo do Estado confirmou uma morte causada pelo vírus H1N1, ocorrida no Hospital Municipal de Araguaína. A vítima foi uma criança de um ano de idade, do município de Colinas, que não pôde ser vacinada no período certo por apresentar um quadro de febre, motivo que a fez ficar internada por 22 dias em Araguaína, antes de falecer devido a gripe.

Conforme documentação e análise de procedimentos técnicos, todos os protocolos preconizados pelo Ministério da Saúde estão sendo cumpridos em todos os seus aspectos pela Secretaria de Saúde de Colinas. De acordo com o órgão de saúde do Município, assim que recebeu a notificação do Governo do Estado com a comprovação do caso de gripe H1N1 toda a equipe de saúde, formada por médicos, enfermeiros e técnicos, foi comunicada e orientada a intensificar os cuidados em relação à detecção de possíveis sintomas do vírus da gripe.

DEIXAR COMENTÁRIO

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui