Festejos dos Quilombolas é um legado para o Tocantins, afirma Dulce Miranda

0

A deputada Federal Dulce Miranda participou de mais uma edição dos festejos dos Quilombolas, dona Juscelina – “mãe Celina”, na noite desta segunda-feira, 13, em Muricilândia. As programações iniciaram no dia 10 de maio, com palestras, mesas-redondas, exposição de produtos, shows, entre outras atividades.

“Nós tocantinenses temos que valorizar as manifestações culturais de seu povo. Os festejos dos quilombolas representam a luta de nossos irmãos por direitos igualitários. É importante esse resgate histórico para que façamos uma reflexão, da forma como o passado foi cruel com esses irmãos, e o quanto ainda, eles por espaços iguais na sociedade. Hoje, no dia que se comemora a Lei Áurea, temos que definitivamente quebrar as correntes do preconceito”, refletiu a parlamentar, acrescentando que os quilombolas são o “nosso legado cultural”.

Ao lado de dona Juscelina, a matriarca dos quilombolas da cidade, do prefeito Alessandro Borges e de vereadores, Dulce Miranda assistiu a apresentações teatrais, participou de um cortejo pelas principais ruas do município e ainda dançou músicas típicas.

O presidente da Associação dos Quilombolas, Erivelton Brito dos Santos, disse que o festejo é a maior expressão do reconhecimento dos quilombolas locais, aproximadamente 263 famílias e 800 pessoas, e que a participação de autoridades na festa, credita a força dos quilombolas no Tocantins. “A deputada está sempre presente na nossa comunidade. Isso enaltece o nosso evento, pois é uma demonstração de respeito à nossa tradição”, observou.

Dona Juscelina
Já na sua 46ª edição, os festejos foram iniciados pela dona Juscelina há quase 50 anos. Neta de escravos e remanescentes de quilombos, a anciã é uma das pioneira de Muricilândia.
A matriarca lidera um dos maiores quilombos do Tocantins, entre crianças, jovens e adultos.

A importância e o reconhecimento do valor da luta de dona Juscelina resultou a ela, o Prêmio Boas Práticas em Direitos Humanos, recebido em novembro de 2016, na gestão do governador do Estado do Tocantins Marcelo Miranda.

Festa Popular
O prefeito de Muricilândia, Alessandro Borges informou que o único festejo dos quilombolas existente no Tocantins, é o da cidade. Porém, as autoridades devem por obrigação cuidar para que essa manifestação cultural não acabe. “Algumas pessoas por desconhecerem a história, ou até mesmo o legado dos quilombolas não entendem a importância dessa manifestação cultural. Eu, como gestor, jamais permitirei que o festejo deixe de acontecer”, finalizou.

Presenças

Além da Deputada Dulce Miranda, e do prefeito Alessandro, compareceram ao evento, o vice-prefeito João Filho, o
presidente da Câmara, Francinaldo dos Santos e os vereadores
Mariza Fernandes, Flávio Santos, Adão da ambulância,
Vagno mototáxi, Marquinho gaiola, Marceone e Eudes. A liderança de Aragominas, Mota também marcou presença.

DEIXAR COMENTÁRIO

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui