Comunidades tradicionais apresentam artesanato tocantinense na 19ª edição da Agrotins

0

A diversidade do artesanato do Tocantins produzidos, de forma
sustentável, pelas mãos talentosas dos artesãos das comunidades
tradicionais, encantam pela delicadeza, criatividade e originalidade.
Essas qualidades do artesanato do Estado podem ser conferidas no
Espaço Empresarial, durante a Feira de Tecnologia Agropecuária do
Tocantins (Agrotins), edição 2019, que foi aberta oficialmente, nesta
segunda-feira, 07, pelo governador Mauro Carlesse.

No estande da Agência de Desenvolvimento do Turismo, Cultura e
Economia Criativa (Adetuc), os artesãos de várias regiões do Estado,
estão expondo e comercializando as peças produzidas com capim dourado,
sementes, madeira, bucha vegetal, além de biojoias. No local, também
estão em exposição: a famosa paçoca de carne de sol do município de
Arraias; o biscoito amor perfeito da cidade de Natividade, além de
licores com frutos do cerrado.

Para a artesã, Angélica Barbosa, que integra o projeto jatobá do
município de Arraias, a 418 km de Palmas, na região sudeste, a
Agrotins é uma vitrine para que os artesãos possam divulgar seus
produtos, além de contribuir para gerar mais renda às famílias. “A
feira nos permite mostrar e valorizar o nosso trabalho e a nossa
cultura do lugar em que vivemos, além de ajudar as pessoas que vivem
da arte”, argumentou.

Biscoito

O biscoito amor-perfeito, produzido no município de Natividade, a 226
km da capital, é outro atrativo da exposição no estande da Adetuc. A
iguaria é produzida a mais de 100 anos no município. Os biscoitos são
produzidos, de forma artesanal, sob a supervisão da Tia Naninha. Ela
aprendeu com a mãe e, hoje, ensina o que sabe a 14 funcionários da
fábrica artesanal instalada em sua casa.

“Esse espaço na Agrotins nos dá bastante notoriedade. É uma grande
satisfação participar mais uma vez dessa feira que, por meio da
Adetuc, valoriza nosso patrimônio histórico e cultural’, considerou o
representante comercial da fábrica do amor-perfeito, Marcelo Aquino.

Artesanato

O artesanato de capim dourado também é um dos destaques da exposição.
As peças delicadas e ricas em detalhes vieram da região do Jalapão,
por meio da Associação de Capim Dourado de Ponte Alta do Tocantins, a
152 km de Palmas.

“Aqui é uma grande oportunidade de divulgarmos nosso artesanato
produzido com o capim dourado, pois a feira concentra um grande número
de visitantes interessados em conhecer e adquirir nossos produtos”,
avaliou a artesã Ehrlane Evangelista.

Visitantes

A turista do estado do Piauí, Sônia Abreu, que visitou o estande da
Adetuc, ficou encantada com a riqueza do artesanato tocantinense.
“Achei muito interessante a beleza do artesanato do Tocantins. Fiquei
encantada em conhecer de perto o artesanato produzido aqui, em
especial, o capim dourado”, disse.

Para o presidente da Adetuc, Tom Lyra, a Agrotins representa uma
vitrine para que os visitantes conheçam nossos potencias turísticos e
culturais. “A feira atrai milhares de visitantes, sendo uma grande
oportunidade para apresentarmos nossos roteiros turísticos, além do
artesanato e as manifestações culturais do nosso Estado, o que fomenta
a economia criativa, gerando mais empregos e renda”, enfatizou.

Agrotins

A 19ª edição da Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins ocorre
até sábado, 11 de maio, no Centro Agrotecnológico de Palmas. Este ano,
a feira traz como tema Agronegócio de Atitude Sustentável.

DEIXAR COMENTÁRIO

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui